Todos os artigos de laurobmb

Certificado auto assinado

#Gerar certificado
openssl req -out sav.csr -new -newkey rsa:2048 -nodes -keyout sav.key -subj “/C=BR/ST=Pernambuco/L=Olinda/O=Suporte Avançado/OU=SAV/CN=*.sav.com.br”

#auto-assinar certificado
openssl x509 -req -days 365 -in sav.csr -signkey sav.key -out sav.crt

#chegar requisição do certificado
openssl req -text -noout -in sav.csr

#chegar o certificado
openssl x509 -in sav.crt -text -noout

Exemplo:
/C= Pais → BR
/ST= Estado → Pernambuco
/L= Localização → Olinda
/O= organização → Suporte Avançado
/OU= Unidade Organizacional → SAV
/CN= Domínio → sav.com.br

Whatsapp bash linux (Yowsup)

Existe uma ferramenta de nome Yowsup que realiza login nos servidores do whatsapp e lhe permite enviar e receber mensagens diretamente da linha de comando do bash.

A configuração dessa aplicação é bem simples e a maior finalidade que encontrei foi para enviar mensagens de notificações do linux para o aplicativo do celular do analista de monitoramento, com essa configuração o linux realiza o login com uma conta do whatsapp.

Antes de começar devemos instalar uns pacotes

#apt-get install python python-dateutil python-argparse python-pip python-axolotl

#pip install yowsup2

#wget https://github.com/tgalal/yowsup/archive/master.zip

#unzip master.zip

#python setup.py install

Após a instalação, você deve criar um arquivo de configuração (/etc/yowsup.config) que deve conter:

cc=55 #(código de pais)

phone=558171879939 #(número de telefone)

id= #(vazio)

password= #(vazio)

Depois de criado o arquivo vamos solicitar o login, na primeira parte você deve solicitar o código de ativação no celular

#yowsup-cli registration -r sms -c /etc/yowsup.config

(código recebido = 402059)

Com o código em mãos você vai cadastrar código recebido

#yowsup-cli registration -R 402059 -c yowsup.config

Esse comando retorna algumas informações, mas vamos precisar apenas de uma, a senha. Dentro do arquivo /etc/yowsup.config, preencha com as novas informações obtidas.

cc=55

phone= 558171879939

id=402059

password=UoSHwydbg5dD5DjjwewKJSHefKUV/KC3HmYubU=

Configurado, vamos testar seu funcionamento.

Para o envio da mensagem você executar a seguinte linha:

#yowsup-cli demos -c yowsup.config -s 55818256857 “olá mundo”

Serve muito para notificações do computador, ou usá-lo para realizar notificações do zabbix, nagios , zennos ou outros servidores de monitoramento que você tenha instalado no seu ambiente.

E o não menos importante é o chat interativo que você pode abrir, achei muito interessante, porém não muito prático, mas funciona muito bem. Segue os passos, Obrigado !! 🙂

#yowsup-cli demos –yowsup -c /etc/yowsup.config

Yowsup Cli client

==================

Type /help for available commands

[offline]:

[offline]:/L

Auth: Logged in!

[connected]:/message send 558182799484 ola

[connected]:Sent: 1453177539-1

[connected]:

Liked on YouTube: A importância do DNS nas redes, explicada pelo NIC.br.

A importância do DNS nas redes, explicada pelo NIC.br.
Será que o DNS tem alguma importância para a qualidade da rede da sua empresa, universidade, ou provedor de Internet? A resposta obviamente é sim… E neste vídeo explicamos o papel do servidor recursivo local, bem como do DNS reverso e da utilização do DNSSEC.
via YouTube http://youtu.be/epWv0-eqRMw

Exemplos do comando find

Example 1 – Procurar arquivo

find . -maxdepth 1 -type f  -cmin +1 -name “*.dmp” -exec ls -lh {} \;

find . -maxdepth 1 -type f  -ctime +1 -name “*.dmp” -exec ls -rlth {} \;

Example 2- Apaga arquivos com mais de 5 dias de criado

find . -type f  -ctime +5 -exec rm -f {} \;

Example 3 – Procura todos os arquivos com o nome “users.xml” e troca a string “pedrosa” pela “albuquerque”

find -name ‘pedrosa’ -o -name ‘users.xml’ -print0 | xargs -0 -P 1 -n 10 sed—in-place ‘s/pedrosa/albuquerque/g’

Example 4 – Case insensitive search using find in Unix

find . –iname “error” –print ( -i is for ignore )

#Deduplicacaofinde

find -not -empty -type f -printf “%s\n” | sort -rn | uniq -d | xargs -I{} -n1 find -type f -size {}c -print0 | xargs -0 md5sum | sort | uniq -w32 –all-repeated=separate